0

As muitas “Histórias da Sexualidade” em coletiva do MASP

(São Paulo, SP) A sexualidade atravessa a história da arte de mais maneiras que podemos enumerar. “Histórias da Sexualidade”, que abriu no Museu de Arte de São Paulo nesta quinta-feira, apresenta trabalhos de mais de 60 artistas para contar algumas destas histórias. Entre eles, Aleta Valente, Ayrson Heráclito, Erika Verzutti, Lyz Parayzo, Rafael RG e Virgínia de Medeiros.

0

Guilherme Gutman assina a curadoria de “Luxe DeLuxe”

(Rio de Janeiro, RJ) Integrante do Comitê de Indicação do Prêmio em 2016, Guilherme Gutman foi o responsável pela curadoria de “Luxe DeLuxe”, que começou na Portas Vilaseca Galeria esta semana. Para a ocasião, escreveu textos sobre os quatro artistas que participam da mostra, Ayrson Heráclito, Pedro Victor Brandão, Raquel Nava e Anitta Boa Vida. Leia-os na íntegra neste post.

0

Os quatro elementos da natureza na individual de Cadu

(São Paulo, SP) Considerada pelo Guinness World Records a palavra mais sucinta do mundo, o vocábulo indígena “Mamihlapinatapai” descreve um sentimento complexo: o olhar compartilhado entre duas pessoas que se entendem e concordam com algo não falado. Ela dá nome à individual que Cadu, vencedor do Prêmio PIPA 2013, inaugurou na Galeria Vermelho na terça-feira.

0

Marcius Galan em individual em São Paulo

(São Paulo, SP) Deslocar-se para dar novos sentidos às coisas e desconfiar do “real”. É com essa proposta que “Penetra”, individual do vencedor do Prêmio PIPA 2012 Marcius Galan na Fundação Ema Kablin, conduz o visitante. O deslocamento é o meio pelo qual o artista propõe que o visitante desafie sua percepção do objeto, da forma, do material e, de modo geral, do mundo.

0

Com curadoria do filósofo Georges Didi-Huberman, exposição coletiva reflete sobre os levantes sociais

(Pinheiros, SP) A finalista do Prêmio PIPA 2016 Clara Ianni faz parte de uma mostra itinerante que começou na França, já passou por Barcelona e Buenos Aires e agora se instala no Sesc Pinheiros, em São Paulo. “Levantes” começa amanhã, 18 de outubro, e leva a curadoria do filósofo e historiador da arte francês Georges Didi-Huberman. Para a exposição em São Paulo, Huberman propôs ainda a inserção de obras que estejam diretamente relacionadas ao contexto do país, de forma a inserir discursos locais fundamentais para a reflexão sobre as mobilizações sociais.

0

Projeto promove o intercâmbio entre galerias de São Paulo e galerias de outros estados

(São Paulo, SP) Como parte do projeto “Galerias recebem galerias”, que busca aproximar galerias paulistanas a galerias de outras cidades, promovido pela Art Weekend São Paulo, a Galeria Vermelho recebe a coletiva “Ocupação Silvia Cintra + Box4”, que reúne os trabalhos de cinco artistas representados pela Silvia Cintra + Box4, entre eles os indicados ao Prêmio PIPA Laercio Redondo e Maria Kablin. A Blau Projects também participa com a exposição “Partilhas, presenças, projetos”, numa parceria com a galeria carioca Portas Vilaseca.

0

“Negros indícios” discute a identidade negra no Brasil

(São Paulo, SP) Discutir o racismo é cada vez mais urgente. “Negros Indícios”, exposição em cartaz na Caixa Cultural SP, reúne os trabalhos de 12 artistas afrodescendentes, entre eles Antonio Obá, finalista do Prêmio PIPA 2017, e Musa Michelle Mattiuzzi, uma das vencedoras do PIPA Online 2017, que propõem uma reflexão sobre a questão racial, institucionalizada através da história, e suas repercussões nos dias de hoje.

0

Coletiva e individual lado a lado em galeria paulista

(São Paulo, SP) A Galeria Millan inaugurou duas exposições esta semana. Com curadoria da indicada ao Prêmio PIPA 2010 e 2017 Regina Parra, “Respirar sem oxigênio” explora como o corpo contemporâneo pode se transformar em lugar de potência através do trabalho de 24 artistas, seis deles indicados ao Prêmio PIPA. Já “Miss Natural e outras pinturas” individual da indicada ao Prêmio PIPA 2017 Ana Prata, apresenta cerca de 20 pinturas à óleo.

0

“Ex África” traz ao Brasil uma das maiores exposições de arte africana contemporânea

(Belo Horizonte, MG) Os indicados ao Prêmio PIPA Arjan Martins e Dalton Paula são os únicos brasileiros a participar de “Ex África”, coletiva que começou nesta quarta no CCBB Belo Horizonte. Uma das maiores mostras sobre arte contemporânea africana já realizadas no país, ela apresenta uma visão do continente livre de estereótipos, reunindo, além dos nomes citados, obras de artistas de oito países africanos.

O PIPA respeita a liberdade de expressão e adverte que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos. Copyright © Instituto PIPA